sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Arte e Espiritismo




Massa de Sabonete

Para a massa:
1 sabonete ralado(de preferencia o sabonete branco palmolive )
4 colheres de sopa de amido de milho
4 colheres de sopa de cola para porcelana fria
1  colher de agua

Ralar o sabonete em uma tigela,colocar o amido,a cola e a agua e misturar tudo.Cuidado pra não amassar muito porque ela pode passar do ponto e não dar pra modelar.
Voce mistura a massa, ate fazer uma bola(essa massa gruda nas mãos)
colocar em saco plastico e deixar descansar no minimo por 2 horas.
Esse tempo é  suficiente para o sabonete dissolver e formar a massa.
Corantes xadrez, tinta óleo, tinta para  tecido, pigmento de biscuit, todos podem ser usados para colorir a massa.
Quando vc pegar a massa pra modelar ela vai estar um pouco quebradiça. É só amassa-la um pouco e ficará  boa para trabalhar.
Para quem trabalha com biscuit , estranhará um pouco essa massa , mas depois de algum tempo verá que para rosas essa massa é incrivel. Vc pode montar uma rosa inteira e ela não desmonta. 

Aulas - Dicas

O peixinho bola branca - O besouro casca dura e outros contos

A história de hoje, é a penúltima do livro O besouro casca dura e outros contos. A história se chama O peixinho bola branca e fala das transformações que os seres humanos passam e que as vezes nessas transformações outras pessoas podem sofrer, mas se tirarem daquela situação algo de proveitoso, ela se torna um degrau para nossa evolução. Fala de amar nossos inimigos que é onde existe a verdadeira provação, já que amar quem nos ama é uma maravilha, osso mesmo é amar nossos inimigos. É legal ressaltar para as crianças que esse AMAR os nossos inimigos, tipo não quer dizer dar todo o nosso amor se curvar a ele, pq isso seria dar ao inimigo uma nova chance de nos fazer mal e pra nós soaria como cinismo, mas sim não desejar mal a ele. Nessa história você poderá trabalhar:

  • Amai os vossos inimigos- não desejar mal a eles, mesmo que eles nos façam raiva.
  • Aprender a tirar coisas positivas dos sofrimentos que vivemos ou venhamos a viver
  • Os espíritos guias.
  • A força da prece.

Aulas e Dicas

A lição do Jabuti - O besouro casca dura e outros contos

E agora, finalmente a ultima história do livro O besouro casca dura (pra quem não sabe, se olhar meus posts anteriores você encontrará todas as histórias do livro O besouro casca dura e outros contos, de Iracema Sapucaia disponíveis no site)
A história de hoje é A lição do jabuti, uma linda história sobre coragem e persistência.
Nessa história o evangelizador pode trabalhar:


  • A força de vontade para não desistir 
  • Tamanho não é documento
  • Pessoas de boa vontade
  • A persistência









Aqui neste link você poderá baixar o livro completo para poder ler com calma em seu computador
Clique na capa do livro mais abaixo.... para ser direcionado para o download.

Pra quem não sabe como baixar pelo 4hared basta que você clique no icone DOWNLOAD NOW
 *imagem demonstrativa

Após clicar em DOWNLOAD NOW você será direcionado pra outra janela onde terá uma contagem regressiva que varia...as vezes você tem que esperar 40 segundos, 60, 300... enfim você tem que esperar...Quando chegar no ZERO

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Dicas de Blog


Evangelizadores... trabalhemos com nossas crianças e jovens a história do Espiritismo através a vida de seus precursores. São muitos personagens maravilhosos que lutaram para que a Doutrina Espírita se estabelecesse em nosso Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho.


QUEM SÃO???   VOCÊ, EVANGELIZADOR, SABE DIZER??

VAMOS PESQUISAR??


quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Aula - Bezerra de Menezes

Homenagem à Bezerra de Menezes






Objetivo: Reconhecer que "o verdadeiro homem de bem é aquele que pratica a lei de justiça, amor e caridade na sua maior pureza."

Material:
- Folhas de papel Kraft (aquele marrom de embrulhar encomenda/sedex que é mais barato) para desenhar com canetinha a flor (só contorno, sem miolo)
- Imprimir a folha do miolo da flor, rosto do Bezerra de Menezes, e recortar, ou cortar em quadrados e entregar e pedir para que eles recortem (em circulo)
- Revistas velhas ou papel de presente colorido (velho, já usado, ou então pedir em lojas alguns pedaços, colorido fica mais bonito) para eles fazerem bolinhas para colar em cima do contorno da flor.
- Impressão das figuras da historia
- Impressão da musica.

Prece inicial

Primeiro momento: Introdução ao tema: Dizer que irá contar uma história verdadeira
de um médico que sempre fez as coisas certas em todas as fases da sua vida para relembrar. Que eles já ouviram falar dele e que já estudamos sobre a vida dele.
                                     
Segundo momento: Narrar a história

Um bebê sadio e de lindos olhos azuis nasceu numa cidadezinha do Ceará, trazendo alegria para sua mamãe e seu papai. Recebeu o nome de Adolfo.
Fig. 1 Adolfo cresceu, brincando e estudando, como devem fazer todos os bons meninos. Era muito querido por ser obediente, gentil e bondoso. Adolfo era um rapazinho quando resolveu ser médico. Mas seus pais não teriam como pagar seus estudos. Mesmo sabendo que passaria algumas dificuldades, Adolfo não desistiu de estudar.
Fig. 2 Ele não podia comprar livros caros, mas estudava na biblioteca pública, onde todos podem ler os livros.
Fig. 3 Assim tornou–se um grande médico: o Dr. Adolfo Bezerra de Menezes.
Fig. 4 Dr. Bezerra, como era chamado, cuidava com muito carinho e atenção de todos os seus clientes. Gostava de tratar das crianças, mesmo que seus pais não pudessem pagar a consulta. E muitas vezes, ainda dava remédios, comprando com seu próprio dinheiro.
Fig. 5 Dr. Bezerra sabia também consolar as pessoas tristes e falava do amor de Jesus por todos nós. Dr. Bezerra foi um perfeito homem de bem! Como toda gente, um dia Dr. Bezerra morreu, ou melhor, deixou o corpo.
Fig. 6 Agora ele vive em espírito e continua a ouvir os nossos pedidos. Continua a ajudar–nos quando estamos doentes ou aflitos. Cuida, principalmente, das criançinhas, a quem muito ama. Dr. Bezerra é também um grande amigo e protetor da Ordem Espiritualista Bezerra de Menezes.

(Indicar, sucessivamente a figura de Dr.Bezerra de Menezes.)

Terceiro momento: ATIVIDADE CRIATIVA
Entregar as crianças (para cada uma) uma folha de papel Kraft (aquele marrom de embrulhar encomenda/sedex que é mais barato) com o contorno de uma flor (grande). E a figura do Bezerra de Menezes já recortada para que eles colem no centro da flor.
Pedir que as crianças façam bolinhas com as folhas de revista e colem no contorno da flor. Após isso solicitar às crianças que escrevam alguma coisa bonita sobre Dr.Bezerra nas pétalas da flor. Para as crianças que não sabem escrever as professoras deverão auxiliar escrevendo.
No final pedir para que cada um escreva atrás seu nome e recolher. Dizer que essas flores representarão o carinho de toda a turma por Bezerra de Menezes no dia 23, na homenagem que será feita ao Bezerra de Menezes. Dizer que cada um irá segurar sua flor enquanto cantar lá na frente.

Quarto momento: Entregar a eles a folhinha com a musica do Dr. Bezerra e lembrá-los
do ritmo cantando junto com eles algumas vezes. Pedir para que ensaiem em casa.

ANEXO 2:

Querido Vovô Bezerra és o meu amor
com todo o meu carinho dou-te esta flor
Felizes estamos nós
num dia de tanta luz
aqui te festejando com Jesus.
Lá lá lá lá lá....
Lá lá lá lá lá....
Felizes estamos nós
num dia de tanta luz
aqui te festejando com Jesus.

MIOLO DA FLOR:
(chegou sem menção de autoria ou fonte. Se Souber qual seja, por favor nos informe, afim de darmos os devidos créditos)





Bezerra de Menezes - Nascimento 29/Agosto/1831

BEZERRA DE MENEZES (para power point)










Aula

TRENZINHO DA CARIDADE

       

* Essa dinâmica pode ser adaptada para outros temas, bastando apenas elaborar questões com o assunto desejado.


Montagem:
  1. Colorir e Imprimir o trenzinho e os vagões. O número de vagões deve ser igual ao número das perguntas.
  2. Colar os desenhos das crianças nas janelas dos vagões. (Em todos os vagões coloquei nome de virtudes diferentes.)
  3. Recortar as janelas de forma que abram. 
  4. Colar o trenzinho em uma cartolina colorida; colei em cartolina azul para representar o céu azul e desenhei nuvens, sol, pássaros, rua.
  5. Cada janelinha ao ser aberta deve apresentar um número. 
  6. Confeccionar cartões numerados de 1 á 10 com as perguntas.
Como aplicar: 
Sortear a ordem dos participantes. O primeiro deverá escolher uma janelinha. EX: número 5, então deverá pegar o cartão número 5 e ler a pergunta, analisá-la e responder. Se não souber pedir ajuda aos amiguinhos da sala.
Essa dinâmica usei para fixar o conteúdo da aula.

QUESTÕES PARA DINÂMICA
1.     Quais os dois mandamentos da lei de amor que Jesus nos ensinou? (Amar a Deus sobre todas as coisas e o próximo com a si mesmo.)
2.     Qual o maior mandamento? E o Segundo?
3.     Como demonstramos amor a Deus? (Amando ao próximo.)
4.     Como demonstramos amor ao próximo? (Amar o próximo é fazer para ele todo bem ao nosso alcance.)
5.     Qual é a virtude que nos eleva moralmente? (Caridade)
6.     Complete a frase: Aquele que tem caridade é aquele que... de seus irmãos (se compadece)
7.     Qual a necessidade da caridade?Que importância ela tem para nós? (Através dela que vamos desenvolver o amor e todas as outras virtudes, através dela que chegaremos à perfeição.)
8.     O que aprendemos quando praticamos a caridade? (Através dela aprenderemos a amar de toda nossa alma, com sinceridade nossos irmãos.)
9.     Complete a frase: Sem caridade não podemos ser bons, pois é só pela caridade que conseguimos...  (ver o ser humano com os olhos de amor.)
10. O que quer dizer essa frase: FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO?  (Caridade é a virtude que nos tornará perfeitos moralmente.)
11. Como praticar Caridade? (Em diversas situações uma palavra amiga, da paciência, da alegria, da tolerância, de um gesto fraterno, do respeito para com o próximo e do companheirismo.)
12. Podemos desenvolver virtudes sem praticar a caridade?(É através dela que vamos desenvolver o amor e todas as outras virtudes)
13. Onde começar a praticar a caridade? (dentro do próprio lar, junto a seus familiares, através de pequenos gestos, como por exemplo: usar as palavrinhas, oferecendo-se para ajudar nas tarefas de casa.)
14. Podemos considerar a caridade como a maior das virtudes? (A caridade está colocada na codificação espírita como a maior das virtudes porque envolvem todas as outras.)
15. Complete a frase: Caridade é o conjunto de todas... (as qualidades do coração.)


















































Artigo - Filhos

Vida em família




Os filhos não são cópias xerox dos pais, que apenas produzem o corpo, graças aos mecanismos do atavismo biológico.
As heranças e parecenças físicas são decorrências dos gametas, no entanto, o caráter, a inteligência e o sentimento procedem do Espírito que se corporifica pela reencarnação, sem maior dependência dos vínculos genéticos com os progenitores.
Atados por compromissos anteriores, retornam, no lar, não somente aqueles seres a quem se ama, senão aqueloutros a quem se deve ou que estão com dívidas...
Cobradores empedernidos surgem na forma fisiológica, renteando com o devedor, utilizando-se do processo superior das Leis de Deus para o reajuste de contas, no qual, não poucas vezes, se complicam as situações, por indisposição dos consortes...
Adversários reaparecem como membros da família para receber amor, no entanto, na batalha das afinidades padecem campanhas de perseguição inconsciente, experimentando o pesado ônus da antipatia e da animosidade...
A família é, antes de tudo, um laboratório de experiências reparadoras, na qual a felicidade e a dor se alternam, programando a paz futura.
Irmãos que se amam, ou se detestam, pais que se digladiam no proscênio doméstico, genitores que destacam uns filhos em detrimento de outros, ou filhos que agridem ou amparam pais, são Espíritos em processo de evolução, retornando ao palco da vida física para a encenação da peça em que fracassaram, no passado.
A vida é incessante, e a família carnal são experiências transitórias em programação que objetiva a família universal.
Abençoa, desse modo, com a paciência e o perdão, o filho ingrato e calceta.
Compreende com ternura o genitor atormentado que te não corresponde às aspirações.
Desculpa o esposo irresponsável ou a companheira leviana, perseverando ao seu lado, mesmo que o ser a quem te vinculas queira ir-se adiante.
Não o retenhas com amarras de ódio ou de ressentimento. Irá além, sim, no entanto, prossegue tu, fiel, no posto, e amando...
Não te creias responsável direto na provação que te abate ante o filho limitado, física ou mentalmente.
Tu e ele sois comprometidos perante os códigos Divinos pelo pretérito espiritual.
O teu corpo lhe ofereceu os elementos com que se apresenta, porém, foi ele, o ser espiritual, quem modelou a roupagem na qual comparece para o compromisso libertador.
Ante o filhinho deficiente não te inculpes. Ama-o mais e completa-lhe as limitações com os teus recursos, preenchendo os vazios que ele experimenta.
Suas carências são abençoados mecanismos de crescimento eterno.
Faze por ele, hoje, o que descuidaste antes.
A vida em família é oportunidade sublime que não deve ser descuidada ou malbaratada.
Com muita propriedade e irretorquível sabedoria, afirmou Jesus, ao doutor da Lei:
“Ninguém entrará no reino dos céus, se não nascer de novo.”
E a Doutrina Espírita estabelece com segurança:
“Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sempre — tal é a lei. Fora da Caridade não há salvação.”

(De “Otimismo”, de Divaldo P. Franco, pelo Espírito Joanna de Ângelis)

Conheça cinco histórias de crianças que estão mudando a vida dos animais




Crianças dos Estados Unidos estão pegando os limões azedos da crueldade com animais e fazendo limonadas… Algumas vezes literalmente, como no Concurso Limonada para os Abrigos, da American Humane. Conheça a nova geração do movimento pelos animais, por meio desta reportagem feita pela Animals Change.
Brandoon Wood, 10, ajuda a salvar chimpanzés de laboratórios e faz campanhas pelo término de experimentos em primatas: Brandon achava que queria um chimpanzé de estimação, até que ele fez uma pequena pesquisa e descobriu que eles pertencem à natureza. Ele também descobriu que mil chimpanzés estavam presos em um laboratório, alguns sendo submetidos a experimentos invasivos, muito longe da natureza. Então, ele começou a campanha Make a Chimp Smile(Faça um Chimpanzé Sorrir) para arrecadar fundos e conscientizar a população, para que tirem os chimpanzés dos laboratórios e soltem-nos em santuários. Apesar de ele estar tocado por suas histórias individuais, ele também aborda a questão em nível nacional, e se tornou adepto do Ato de Proteção aos Grandes Primatas para que experimentos em macacos sejam abolidos de uma vez por todas.
Monica Plumb, 12, fornece máscaras de oxigênio para animais a departamentos de bombeiros: experts estimam que de 40 mil a 100 mil animais morrem em incêndios por ano, e há pouco que os bombeiros possam fazer, já que máscaras de oxigênio humanas não servem em focinhos de animais. Máscaras especiais existem, mas estão fora do orçamento dos departamentos. E é aqui que Monica entra com a Petmask.com, que conseguiu dinheiro para doar mais de 300 máscaras de oxigênio para animais aos departamentos de bombeiros, Unidades EMS e caninas do país todo. Além disso, conscientizou e informou a população de resgates de animais em caso de incêndio.
Clara Polito, 13, é dona de uma companhia de padarias veganas: imagine um cupcake vegano da Clara’s Cakes: o Not So Thin Mints é um cupcake com raspas de menta e um creme de chocolate. Esse é apenas um exemplo do cardápio de delícias veganas criadas e vendidas por essa ativista/chef culinária. Clara também tem um blog (Clara in Veganland).
Dena Miller, 13, conseguiu U$ 10.000 para a Best Friends Animal Society e não parou por aí: ela teve a oportunidade de viajar para qualquer lugar do mundo, e escolheu Kenab, Utah, para visitar o santuário da Best Friends. Quando Dena visitou Israel na preparação para sua mitzvah, sua câmera não estava focando apenas monumentos religiosos; ela fotografou animais abandonados e negligenciados em todos os lugares que visitou. De volta para casa, ela entregou as fotos para um projeto social e pediu aos amigos e parentes que doassem ao programa Guardian Angel da Best Friends em vez de lhe darem presentes. Entre doações e venda de suas fotos, Dena conseguiu juntar U$10.000. As fotos podem ser vistas online, com 100% da renda revertida para a Best Friends.
Mimi Ausland, 14, começou a freekibble.com e uma campanha para um dia do animal que está em abrigo: a Freekibble.com doa comida para cães e gatos cada vez que você visita o site e responde à questão diária (independente de a resposta estar certa ou não). Nos dois anos desde que Mimi, então com 11, começou a Freekibble.com ela já arrecadou 3,5 milhões de pratos de comida para animais de abrigo. No mês passado, com a Halo Pets e a Tails Magazine, Mimi começou a campanha para nada menos que uma ordem presidencial: “Cartas pelos Animais” espera enviar 100 mil cartas para o presidente Obama, pedindo que ele ajude a divulgar os animais de abrigo tornando o dia 30 de abril dia nacional de adotar um animal. Eles atingiram a meta em 18 dias e pretendem estender a campanha até setembro.
A paixão que esses cinco têm por ajudar os animais não é um projeto de momento nem uma fase transitória. Considerando o quão fascinantes esses pequenos ativistas são, nós e os animais temos uma baita esperança para crer no futuro. Ah, e lembre-se: se esses jovens podem ajudar tanto apenas com boa vontade e atitude, o que nós não podemos fazer?